Música no Montessori sala de Aula: Como Podemos Integrar Música nas Actividades Diárias

Repetir músicas e ritmos não só dá às crianças a repetição que anseiam, mas proporciona um tempo para aprender e praticar. Livros, CDs, instrumentos e materiais relacionados ao movimento/atividade, como sacos de feijão ou lenços, são maneiras perfeitas de adicionar música a uma sala de aula. Através deles, uma criança pode ter experiências sensoriais práticas, que são tão cruciais em uma educação Montessori.

Música é uma forma de auto-expressão e a música é também uma maneira de vincular muitas áreas diferentes da sala de aula: um estudo sobre a Austrália pode introduzir um digeridoo, ou um estudo sobre a África pode ser o momento perfeito para ouvir algumas percussão Africana. Maracas, sinos de mão, pandeiros e palitos de ritmo são instrumentos que podem ser facilmente tocados por uma criança. “Todo grupo humano adora música. Cada um cria sua própria música, assim como faz sua própria linguagem” (Montessori, 1998, p. 108).

cantar, rimar, tocar com os dedos e bater palmas também são atividades que podem ser facilmente implementadas. A música pode até ser tocada durante os horários de trabalho ou cochilos como outra maneira fácil de adicionar mais música à sala de aula. Ensinar apreciação musical pode ser uma ferramenta eficaz para ensinar diversidade e inclusão. Existem muitos tipos de música, assim como existem muitos tipos de pessoas em todo o mundo. Cada um é único e especial à sua maneira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.