Maya Angelou sobre ser cristã


para ajudar a iniciar o mês da História Negra, Aqui estão duas peças de Sabedoria do final, grande gênio literário, Maya Angelou. Como pedras preciosas, essas são ideias que você pode colocar no bolso e tirá – las sempre que precisar delas 🙂

Gem #1:

Angelou não se chamava cristÃ-não exatamente. Em uma entrevista por ocasião de receber a Medalha Presidencial da Liberdade, ela colocou assim:”Estou sempre espantado quando as pessoas andam até mim e dizem:’ Eu sou um cristão.’Eu acho,’ já? Já percebeste?”Estou trabalhando nisso, o que significa que tento ser tão gentil e justo, Generoso, respeitoso e cortês com todo ser humano.Em outra entrevista, Angelou disse que, enquanto ela foi ensinada a acreditar em Deus, ela se tornou corajosa quando ela fez essa crença sua própria. “Eu ousei fazer qualquer coisa que fosse uma coisa boa. Ousei fazer coisas distantes do que parecia ser no meu futuro. Quando me pediram para fazer algo de bom, costumo dizer sim, vou tentar, sim, farei o meu melhor. E parte disso é acreditar, Se Deus me ama, Se Deus fez tudo, desde folhas a focas e carvalhos, então o que eu não posso fazer?Então, em honra de Angelou, vamos manter essas joias perto e lembrar que ser cristão é sempre uma obra em andamento – e que o amor criativo de Deus torna todas as coisas possíveis!

visite o site da Salt Projects aqui.

tópicos: Crença, compaixão, coragem, Cristianismo evolucionário, deus, Graça, gratidão, Saúde e cura, amor, atenção plena, Novo Pensamento/Nova Era, Cristianismo progressivo 101, Social & Ministério ambiental e exploração espiritual & prática. 8 Pontos: Ponto 1: ensinamentos de Jesus, ponto 2: pluralismo, ponto 3: comunidade inclusiva, ponto 4: agir como acreditamos, ponto 5: pesquisadores não dogmáticos, ponto 6: paz e Justiça, e ponto 8: compaixão e amor altruísta. Tipos de recursos: artigos, entrevistas e leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.